Quem sou eu?

 

Amei-te apaixonadamente.

Sorri sempre pra você.

Entreguei minha vida pra ti.

 

Amei-te loucamente.

Acreditei sempre em você.

Dias de sonhos eternos vivi!

 

Amei-te ardentemente.

Chorei, sofri e quase morri.

Mas valeu a pena todo amor vivido.

 

É hora de sair de cena.

Guardando sempre os momentos eternos.

E fingir que te esqueci.

 

Esse sou eu o eterno apaixonado.

Que guarda no coração cada amor vivido.

Nasci e morrerei apaixonado por alguém.

 

Solitário da Madrugada.

 

02/12/2006